top of page

SP: privatização da Sabesp é aprovada por parlamentares

Numa tumultuada sessão na Assembleia Legislativa de São Paulo, os Deputados Estaduais aprovaram a privatização da Sabesp. O placar foi de 62 votos contra 1.


A presença da Polícia Militar foi registrada no local. Manifestantes contrários ao que estava sendo votado estiveram presentes. A PM precisou jogar spray de pimenta por conta do tumulto iniciado. A oposição, após o fato, boicotou a votação.


O próximo passo é a discussão do assunto na Câmara de São Paulo, já que a capital paulista representa 44% do faturamento da empresa.
Imagem: reprodução/O Antagonista

Pela legislação da cidade de São Paulo, qualquer mudança no controle acionário da Sabesp faz com que a a Prefeitura, sob gestão atual de Ricardo Nunes, volte a assumir o serviço de água e esgoto na cidade.


O modelo proposto pelo Governo de Tarcísio de Freitas prevê investimentos de R$ 66 bilhões, até 2029, R$ 10 bilhões a mais em relação ao atual plano, e antecipação da universalização do saneamento, de 2033 para 2029.





0 comentário
bottom of page