top of page

SP: criança morre após fumar crack do futuro

O garoto David Dias, de 12 anos, morador da periferia de Diadema, SP, morreu após ingerir aquilo que está sendo considerado o crack do futuro: a supermaconha.


A mãe do menino, Kelly Santos, disse que o uso da droga é comum entre crianças do bairro. Os especialistas, por conta da periculosidade da droga, estão a chamando de crack do futuro.


A droga pode ser chamada de k2, k9, Spice, Space, Zen, Crazy Monkey e pode causar alucinações e convulsões severas. Essa droga é uma droga sintética e está cada vez mais presente na vida de crianças nas periferias.

Imagem: RecordTV

0 comentário
bottom of page