top of page

R$ 1,50 subtraído. Demissão por justa causa é revertida em Goiás. Entenda:

O Tribunal Regional do Trabalho de Goiás (TRT-18) determinou a anulação a demissão por justa causa de uma trabalhadora. Ela entrou com este recurso após a demissão.



Imagem: Pixabay


O motivo da demissão foi a subtração de R$ 1,50 do caixa de um empório em Caldas Novas, em Goiás. O valor era para comprar um lanche. A Justiça ordenou, também, o pagamento à trabalhadora de todas as verbas rescisórias, já que agora a demissão foi decidida sem uma justa causa.


A funcionária, que prefere não se identificar, afirmou que por conta da pandemia de Covid-19, a empresa autorizou a compra de lanche no próprio comércio. Ela explica que comprou um lanche no caixa da colega ao lado, mas logo percebeu que havia faltado R$ 1,50. Por isso ela pegou o valor de seu caixa e passou para o caixa ao lado.


Ela ainda disse que tinha a intenção de repor o valor no fim do expediente, mas no meio do dia foi demitida.

0 comentário
bottom of page