top of page

O trabalho dos bombeiros em números oficiais entre 2019 e 2021

O Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo trabalha incansavelmente todos os dias; e assim como o resto do país, o estado paulista possui diversos problemas que são de alcance dos bombeiros resolver.


Com base nos dados da Serraria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, veja estatisticamente o serviço dos homens e mulheres do Corpo de Bombeiros:


No ano de 2019, incêndios com veículos chegaram a 5.157 casos. O mês de maio teve o menor registro com 368 incêndios, já março registrou o maior número de casos do ano, chegando aos 471.


Ano estressante e com restrições, 2020 teve queda no número de incêndios em veículos, mas não uma queda brusca. De acordo com os dados, foi de 5.157 para 4.847, uma redução de apenas 310 casos em um ano de quarentena e isolamento social, com menos carros nas ruas.


O ano de 2020 teve o mês de abril com o menor índice de casos, sendo 341 registros; agosto teve 496, sendo o mês com mais incêndios em veículos.

Imagem: Pixabay/Ilustrativa

No ano de 2021, com flexibilizações de restrições pandêmicas, teoricamente era para haver um aumento de casos, mas houve redução de 483 casos, totalizando no ano 4.364 registros de incêndios em veículos.

O ano de 2021 teve o mês de outubro como menor mês em número de casos, totalizando 319; já o maior número de casos registrados foi no mês de julho, com 428 no total.


Outros índices apresentam quedas, como desabamentos. Em 2019 inteiro, foram registrados 435 desabamentos, já em 2020 foram contabilizados oficialmente 398, ou seja, uma queda de 37 casos.


A queda continua e de maneira surpreendente, já que de 398 casos de 2020, os deslizamentos atingiram 295 em 2021, ou seja, redução de 103 casos.


As quedas de registros também podem ser percebidas em acidentes de trânsito com vítimas. Em 2019, foram 7.826 casos só no mês de maio, no ano inteiro foram registrados 86.201 acidentes.


Em 2020, com o confinamento humano e menos trânsito nas ruas, os números caíram para 75.004 registros, queda de 11.197 acidentes.

O mês de outubro/2020 foi o que obteve maior registro de casos, com 6.942. Em 2021, o mês com maior índice de acidentes de trânsito com vítimas foi julho, registrando no total 6.813.


O ano de 2021 registrou 75.786, aumentando 782 casos de acidentes, teoricamente explicados com o início da volta à normalidade.


O Corpo de Bombeiros de São Paulo tem 8.200 militares e cerca de 2.400 viaturas.

Imagem: Pixabay/Ilustrativa

0 comentário
bottom of page