top of page

O filho "rebelde" de Osama Bin Laden não quis seguir seu caminho e foi deportado

Omar Bin Laden, filho de Osama Bin Laden, rompeu as relações com o pai antes dos ataques de 11 de setembro de 2001. Omar, atualmente vive na França e vende quadros de até R$ 36,5 mil.


Na foto abaixo, Omar está ao lado de seu pai:

Imagem: reprodução/The Sun


Omar acredita que foi o escolhido por Bin Laden para ser seu 'herdeiro', por conta de sua inteligência. O filho relata ainda que seu pai nunca pediu para que ele entrasse na Al-Qaeda, mas que ele era o escolhido para que o 'trabalho' continuasse, Omar rejeitou e foi deportado.


O homem acredita estar vivo hoje por conta de sua inteligência. Em entrevista ao The Sun, ele revelou que o pai usava cachorros para testar armas químicas e o ensinou quando criança, também, a atirar com uma AK-47


0 comentário
bottom of page