top of page

Levantamento mostra diferença de renda per capita paulista nos últimos anos

O estado mais rico do Brasil, com mais de 40 milhões de habitantes, tem dados curiosos referentes a renda per capita e o salário mínimo. O Portal Futuro Livre realizou um levantamento especial de valores que mostram a diferença dos números. Entenda:


O salário mínimo em 2012 era no valor de R$ 622, atualmente (2022), o valor está em R$ 1.212, uma diferença nesta década de R$ 590 reais. O salário mínimo ideal, de acordo com Dieese deveria ser, numa média, R$ 6 mil. Cabe lembrar que este é um problema brasileiro, em geral.


Imagem: reprodução/Wix


Partindo do pressuposto que, em dez anos, a população cresceu, há inflação no Brasil, e o salário mínimo aumentou, mesmo não o suficiente, uma pergunta foi feita: como está, portanto, a renda per capita dos paulistas?


No ano de 2012, a renda por cabeça era na média de R$ 1.197, em 2015 chegou ao valor de R$ 1.482, no ano seguinte um aumento considerável para os padrões brasileiros, R$ 1.723, no entanto, 2017 teve queda e o valor ficou em R$ 1.712.


No primeiro ano de João Doria, do PSDB, no Governo de São Paulo, a renda per capita era de R$ 1.946, só que no ano passado, 2021, a renda caiu, chegando a R$ 1.836, uma diferença em dez anos de R$ 639 reais. Os dados deste levantamento são do IBGE.


Uma pesquisa revelou que, só na capital de São Paulo, 73,5% das famílias têm dívidas, com base nos dados da FecomercioSP.

O estado paulista, no todo, tem mais de 3 milhões de desempregados. Em novembro/2021, a taxa era de 13,4%, sendo inclusive maior que a média nacional, na época: 12,6%. A taxa em São Paulo, é bom ressaltar, apresenta queda lenta, segundo o G1.

0 comentário
bottom of page