top of page

Exclusivo: maior fã de Gal Costa lançará livro sobre momentos com a artista

O Portal Futuro Livre conversou com Franklei Charles Tavares, considerado maior fã de Gal Costa no Brasil, renomada cantora e intérprete brasileira. Gal Costa faleceu em novembro de 2022, mas deixou uma legião de fãs, além de uma consagrada prestação de serviço à cultura do Brasil.

Franklei revelou, com exclusividade, que lançará em breve um livro que vai trazer a história de um fã, que ultrapassa os mais de 50 anos de carinho com a artista.

"É um livro que já vinha sendo cobrado pelos fãs", explica ele, que possui um dos maiores acervos, sobre Gal. Franklei explica que não será um livro falando da artista, mas a história de amor e paixão de um fã, que é considerado o maior fã da artista no Brasil, reconhecido e homenageado pela cantora no palco do seu show no Teatro Riachuelo em Natal, em agosto de 2022, meses antes de sua morte.

"Tenho quase todas as obras, desde CDs, LPs, revistas, matérias de jornais e fotos exclusivas de shows."

Franklei conta que o livro requer muito cuidado, pois será cheio de detalhes, será uma obra de arte aos leitores ao nível de Gal. "[...] Grandes profissionais estão envolvidos", revela.

O livro terá depoimentos de amigos famosos, tanto do Brasil quanto internacionais, falando cada um em sua visão pessoal de como enxergam Franklei como um fã da artista.


"O livro é um projeto pessoal. Hoje já não existem fãs como antigamente, o Brasil é um país sem memórias e não posso deixar o nome dela cair no esquecimento, que infelizmente essa é a realidade."

O autor do livro diz que ele é uma obra de arte e que traçado por diversos profissionais, não quer fugir do real. Franklei explica que os profissionais envolvidos no livro irão apenas irão lapidar e colocar na visão técnica.

"A obra começa a ser contada no início da década de 80 e vai até o momento de eu estar no velório dela, e ser o único fã autorizado a estar na área vip e estar no cemitério."

Franklei enfatiza que será um livro de um fã da Gal Costa, e não um livro falando da cantora.

Ele conta detalhes, também, do dia da pré-estreia do filme 'Meu Nome É Gal':

"Eu fui convidado por Dandara Ferreira, diretora do filme, para a pré-estreia e fui carinhosamente reconhecido e recebido pela atriz Sophia Charlotte, que rasgou elogios a esse humilde fã. O filme, eu ressalto, tem momentos emocionantes que eu um fã reconhece. Sophia Charlotte foi divina e maravilhosa. Eu amei quando ela canta Baby ao lado de Caetano Veloso (ator Rodrigo Lelis) que na minha opinião foi magnífico sua atuação, até sua interpretação nos deixa mergulhar em Caetano Veloso. Eles roubaram a cena!"

Franklei, aliás, diz que com certeza o filme merece uma continuação, nas palavras dele, a cantora fez história, é história e tem história. "A mãe de todas as vozes", conclui o fã, que já viu o filme ao menos doze vezes.


Veja fotos da relação de fã entre ele e Gal:


0 comentário
bottom of page