top of page

Agência dos EUA denuncia SpaceX

O Conselho Nacional de Relações Trabalhistas, uma agência independente do Governo dos EUA, fez uma polêmica denúncia contra a SpaceX, empresa que fabrica foguetes. A empresa, cujo dono é Elon Musk, está sendo acusada de ter demitido ilegalmente oito funcionários críticos do empresário.


De acordo com o documento da agência, os funcionários foram demitidos após promoverem entre os executivos da empresa uma carta que classifica Elon Musk como "distração e constrangimento" para a SpaceX.

Ao que se sabe, este documento foi enviado em junho de 2022, e contém uma série de tuítes que Musk publicou desde 2020. De acordo com os funcionários, o conteúdo não estava de acordo com as políticas da empresa sobre diversidade e má conduta.


O Conselho alega que a SpaceX violou os direitos dos funcionários de se reunirem e defenderem melhores condições de trabalho. De acordo com a denúncia, a empresa interrogou os funcionários em relação ao conteúdo da carta, e, além disso, menosprezou os que estavam envolvidos na situação.


A empresa, de acordo com a agência, também foi acusada de ameaçar demitir outros funcionários caso houvessem atividades parecidas.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page