top of page

242: Justiça determina veredito final no caso Boate Kiss

No início de 2013, o Brasil parou por conta de um incêndio na Boate Kiss. O incêndio vitimou exatas 242 vidas, e deixou várias gravemente feridas, como foi possível relembrar nos últimos dias, com o tão aguardado julgamento do caso.


Após a determinação judiciária, os réus foram condenados, porém, um habeas corpus impediu consequentemente a prisão de ambos, porém, o Ministro Luiz Fux, do STF, deteminou imediato cumprimento da pena. E o dia de ontem, ao longo das horas, os já condenados foram presos. As penas variam entre 18 e 22 anos.



Imagem: TV Cultura


636 vítimas ficaram vivas, porém, marcadas. Foi considerado um dos maiores julgamentos da história do Rio Grande do Sul. A cidade de Santa Maria, sempre por volta do dia 27 de janeiro, fica praticamente de luto pelas vidas perdidas.


Elissandro Callegaro Spohr (Kiko), Mauro Londero Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão são os quatro acusados dos homicídios. Homicídio simples com dolo eventual e tentativa de homicídio foram as acusações, prontamente aceitas pelo Júri Popular.


O caso repercutiu intencionalmente, sendo uma das grandes tragédias brasileiras, muito também por envolverem jovens que estavam se divertindo.

0 comentário
bottom of page